Novidades

Teoria do Futebol


O futebol, jogo desportivo coletivo de invasão, é sustentado, fundamentalmente, num caráter “lúdico, agonístico e processual, em que os 11 jogadores que constituem as duas equipas, encontram-se numa relação de adversidade típica não hostil – denominada de rivalidade desportiva”, (Teodorescu, 1983 citado por Castelo, J.), “cujos comportamentos são determinados pelas relações antagónicas de ataque/defesa” (Castelo, J.).
 
Assim sendo, importa definir toda a estrutura complexa do jogo, evidenciando a essência do mesmo e possibilitando uma melhor perceção das relações anteriormente referidas. 


Figura 1 - O jogo e a sua estrutura complexa

Começando pela base, os princípios gerais do jogo são comuns em ambas as fases, defensivas e ofensivas, nos restantes princípios e têm em consideração a relação espacial e numérica no centro do jogo[1]. Segundo, (Queiroz, 1983), a equipa deve “recusar a inferioridade numérica, evitar a igualdade numérica, procurar criar superioridade numérica”. 

Os princípios operacionais do jogo verificam-se em ambas as fases do jogo, ofensiva e defensiva. Segundo Bayer (1994) estes princípios são “… as operações necessárias para tratar uma ou várias categorias de situações”. 


Princípios Operacionais Ofensivos
Princípios Operacionais Defensivos
·         Conservar a bola
·         Anular as situações de finalização
·         Construir ações ofensivas
·         Recuperar a bola
·         Progredir pelo campo de jogo adversário
·         Impedir a progressão do adversário
·         Criar situações de finalização
·         Proteger a baliza
·         Finalizar à baliza adversária
·         Reduzir o espaço de jogo adversário
 

[1] O centro de jogo é uma circunferência de 9,15m de raio a partir da localização da bola.

Os princípios fundamentais do jogo, evidenciam um conjunto de regras e/ou linhas orientadoras básicas que direcionam as ações individuais e coletivas em ambas as fases do jogo, possibilitando uma intervenção adequada no centro do jogo. 

Na fase ofensiva do jogo os princípios fundamentais são, a penetração, a cobertura ofensiva, a mobilidade, o espaço e a unidade ofensiva. Na fase defensiva do jogo, opondo-se aos princípios fundamentais ofensivos, são a contenção, a cobertura defensiva, o equilíbrio, a concentração e a unidade defensiva. Cada um dos princípios acima referidos, apresentam um conjunto de sub-princípios que os sustentam.

  Tiago Coelho



Sem comentários